Beneficiários de programas sociais podem agendar retirada de kits da TV digital

Beneficiários de programas sociais podem agendar retirada de kits da TV digital

Distribuição é realizada gratuitamente pelo serviço de Correios. Ao retirar o kit são dadas as instruções para instalação e um material explicativo.


partir desta quarta-feira (4), as famílias cadastradas em programas sociais do governo federal podem agendar a retirada dos kits, que dão acesso ao sinal da TV digital. Os beneficiados têm direito a receber gratuitamente o material.

A consulta e o agendamento para retirada do kit devem ser feitos pelo site sejadigital.com.br ou pelo telefone 147. O cadastro pode ser localizado através do CPF ou do Número de Identificação Social (NIS) do solicitante, que deve ser o titular do benefício.

A distribuição é realizada pelo serviço de Correios. Na hora de retirada são dadas as instruções para instalação e um material explicativo. Caso a pessoa não se sinta apta para instalar recomenda-se contatação de um antenista.

O kit é composto por um conversor digital, um corpo da antena, uma fonte de alimentação, cabo RCA, varetas, suporte de vareta com mastro, saquinho com parafusos, porcas e arruelas, oito metros de cabo coaxial e controle remoto com duas pilhas.

Os beneficiados dos seguintes programas podem solicitar o kit:

  • Bolsa Família;
  • Minha Casa, Minha Vida;
  • Bolsa Verde - Programa de Apoio à Conservação Ambiental;
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil - PETI;
  • Fomento - Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais; Carteira do Idoso;
  • Aposentadoria para pessoa de baixa renda;
  • Programa Brasil Carinhoso; Programa de Cisternas;
  • Telefone Popular; Carta Social;
  • Pro Jovem Adolescente; Tarifa Social de Energia Elétrica;
  • Passe Livre para pessoas com deficiência e isenção de Taxas em Concursos Públicos;
  • Bolsa Estiagem;
  • Programa Nacional de Reforma Agrária;
  • Programa Nacional de Crédito Fundiário;
  • Crédito Instalação.

Entenda por que o desligamento do sinal analógico vai ocorrer

Em 2018, o sinal analógico será cortado em 89 cidades do Rio Grande do Sul. O desligamento do sinal ocorre em razão da implantação do sistema de TV Digital no Brasil, determinado pelo decreto 5.820, de 19 de junho de 2006. Outro motivo é a venda feita pelo governo federal de uma faixa de canais usada pelas TVs para empresas de Telecomunicações, que servirá para a ampliação do 4G no país.


Categoria:NOTÍCIAS

Deixe seu Comentário