Grupo de convivência dos idosos realiza festa Julina nos distritos

vinculado à Secretaria de Assistência e Inclusão Social, realizou uma festa julina em Curumim com o objetivo de celebrar o folclore popular brasileiro. O ato ocorreu no Salão Paroquial e contou com a presença de mais de 110 integrantes do grupo.

Segundo o coordenador do Grupo de Convivência e Fortalecimento de Vínculos dos Idosos, Lucas Gomes, o objetivo é fortalecer as amizades entre os integrantes do grupo. “Essas festas julinas fazem parte do nosso calendário, assim como demais eventos que realizamos ao longo de todos os anos, a fim de movimentar de forma constante nosso grupo”, afirma.

A Secretária de Assistência e Inclusão Social, Maria Elisete Machado Germano (Zetinha), diz que todos os grupos de convivência estão trabalhando intensamente Na tarde de terça-feira (18), o Grupo de Convivência e Fortalecimento de Vínculos dos Idosos, para oferecer um melhor serviço à população. “Os principais objetivos do grupo se perderam nos últimos anos, mas estamos trabalhando forte para recuperar a autoestima e vontade deles em participar das atividades”, analisa.

O Prefeito de Capão da Canoa, Amauri Magnus Germano, ressaltou a importância da integração com os distritos e todas as atividades realizadas nas localidades. “Arroio Teixeira, Capão Novo e Curumim estão no foco da nossa administração, inclusive deixo aqui meus parabéns ao Secretário de Coordenação dos Distritos, Eduardo Sarmento, que realiza um belo trabalho”, analisa.

Celebradas no Brasil desde pelo menos o século XVII, as Festa Juninas constituem a segunda maior comemoração realizada pelos brasileiros, ficando atrás apenas do Carnaval. De acordo com os historiadores, a festa tem origem no culto aos deuses pagãos, mas sofreu influências do catolicismo e hoje há forte associação com os santos católicos, como Santo Antônio, São João e São Pedro.

 

 BERNARDO ZAMPERETTI

imprensa@capaodacanoa.rs.gov.br

Categoria:NOTÍCIAS

Deixe seu Comentário