MANIFESTAÇÃO CONTRA REFORMAS LEVAM CENTENAS AS RUAS EM CAPÃO DA CANOA

        Capão da Canoa

 

Centenas de trabalhadores aderiram a Paralisação Nacional do dia 28 de Abril contra as Reformas Trabalhistas e Previdência no município. A concentração dos trabalhadores das mais diversas áreas foi em Frente ao Instituto Estadual Riachuelo, e posteriormente os manifestantes em Caminhada pela RS 407, Avenida Paraguassú chegaram até a frente da Prefeitura. Ali integrantes dos Sindicatos participantes se manifestaram apresentando os pontos negativos tanto da Reforma Trabalhista, como Previdenciária que atingirá todos os trabalhadores brasileiros.

         Para a Presidente do Sindicato dos Municipários de Capão e Xangri-Lá, Fernanda Grassi Veloso, a participação dos trabalhadores foi significativa e dentro do que se esperava. “Demonstramos através desta manifestação que estamos preocupados com os reflexos da Reforma Trabalhista e Previdenciária irá trazer para toda a classe trabalhadora. Num primeiro momento talvez ninguém irá sentir, mas com o passar do tempo os problemas virão e de uma forma bem acentuada, por isso temos que nos manifestar”, diz ela.

 

 Fernanda também agradeceu ao Prefeito Amauri Magnus Germano de Capão da Canoa e Cilon Silveira de Xangri-Lá. Ambos decretaram ponto facultativo na sexta feira, possibilitando que os servidores também participassem. Isso demonstra bom senso por parte deles, que se não forem atingidos pelas reformas, mas seguramente seus filhos, e netos poderão ser no futuro.

 

         Aqui em Capão estiveram participando integrantes do CPERS Sindicato, Federação dos Municipários do Estado, Sindicato dos Trabalhadores da Justiça, Sindicato dos Municipários de Capão e Xangri-Lá, além de representantes de outras entidades.

 

 

 

 

Reportagem: Rubenir Fernandes
Foto: Paulo Marques

Categoria:NOTÍCIAS

Deixe seu Comentário